Plenária de Delegados de Base fortalece a luta pela aula-atividade e debate campanha salarial

Os professores do Recife aproveitaram a ocasião para dividir experiências sobre o dia de aula-atividade nas escolas, realizado pelo SIMPERE

O SIMPERE realizou nesta terça-feira (05) mais uma Plenária de Delegados de Base para discutir sobre a implementação da aula-atividade e rumos da campanha salarial. O encontro aconteceu no auditório do Sindicato dos Bancários durante os turnos da manhã e tarde. Na ocasião também foram dados informes sobre a Marcha à Brasília do dia 24 de abril, ensino profissionalizante, precariedade das escolas e creches, entre outros.

Após o ponto de informes, o sindicato mais uma vez chamou a atenção da categoria para as questões que norteiam a aula-atividade. Simone Fontana, coordenadora geral do SIMPERE, iniciou o debate falando sobre a suspensão da liminar, a mando de Geraldo Júlio (PSB), que garante o direito a 1/3 da jornada de trabalho dos professores para preparação de aulas, estudos e pesquisas. A direção ressaltou também a criação da comissão paritária que irá planejar a aplicação da Lei Federal 11.738/2008, a Lei do Piso, na Rede Municipal de Ensino.

Segundo Joelma Vieira, professora, coordenadora pedagógica e representante da base na comissão, a Prefeitura do Recife tem caminhado a passos curtos para a viabilização imediata da aula-atividade, distorcendo a discussão do eixo para fins teóricos, mudando o foco e confundindo a categoria.

Os presentes também puderam aproveitar a plenária para compartilhar suas experiências do dia de aula-atividade nas unidades, realizada na última quinta-feira (28). Professores e professoras das Escolas Municipais Carla Patrícia, Novo Mangue, Reitor João Alfredo, Poeta Joaquim Cardoso, entre outras, dividiram seus relatos com os companheiros. De acordo com os depoimentos, em várias unidades a atividade transcorreu normalmente, sem a interferência dos diretores. Porém, alguns professores ainda enfrentaram dificuldades. Os educadores do Recife salientaram a falta de espaço para realizar essas tarefas, além da necessidade de se levar mais esclarecimentos aos pais dos alunos acerca do tema.

Claudia Ribeiro, diretora de Comunicação, explanou sobre o ato na Praça do Diário, que irá aproveitar o dia Internacional de Luta das Mulheres – 8 de março. Argumentou a relevância do tema frente aos inúmeros ataques promovidos pelo governo Dilma nas áreas sociais, que aprofundam ainda mais a condição precária das mulheres trabalhadoras. “Apesar do prefeito Geraldo Júlio falar sobre Direitos Humanos, a negação da implementação da aula-atividade na sua integralidade significa um prejuízo para a categoria de um direito já estabelecido em lei”, complementou.

Campanha Salarial 2013 – O SIMPERE aproveitou a Plenária de Delegados de Base para apresentar uma proposta de pauta de reivindicação 2013. Os eixos desse documento devem ser discutidos nas escolas.

Implementação da aula-atividade, aplicação de no mínimo 25% do orçamento do município em educação, convocação dos concursados e melhoria geral da estrutura física das escolas, são alguns dos eixos. E para adiantar a discussão na cidade do Recife, ficou aprovado convocar uma audiência com o secretário de Educação, Valmar Corrêa, com data ainda a ser definida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 12 =