Assembleia Geral dá a largada para a campanha salarial

Aconteceu na última terça-feira (12), no auditório da FAFIRE, a segunda assembleia das professoras e professores da rede oficial do Recife. O evento tinha como pauta principal a avaliação da negociação sobre a implantação da aula-atividade e início da Campanha Salarial.

No ponto de aula-atividade, Simone Fontana, coordenadora Geral do sindicato, fez uma breve apresentação de como estavam os andamentos na comissão para implantação da aula-atividade no município. A categoria avaliou que o quadro de propostas encaminhado pela prefeitura não atendia todas as demandas, pois os professores ainda teriam que trabalhar fora do seu horário de trabalho, caracterizando hora extra.

Já no ponto da Campanha Salarial, foram encaminhados alguns eixos para serem discutidos nas escolas como: Aplicação de no mínimo 25% do orçamento na educação, cumprimento na íntegra da lei do piso do magistério (lei 11.738/08), incorporação da carga-horária dos professores que acumulam, construção de mais creches, manutenção das escolas profissionalizantes e revisão do plano de cargos e carreiras.

Durante a plenária, as professoras e professores decidiram paralisar as duas últimas aulas de cada turno no dia 19 de março para elaborar as propostas que irão compor a pauta de reivindicação para campanha salarial a ser entregue até o dia 22 ao SIMPERE.

O fórum dos professores também aprovou a participação ativa na Marcha à Brasília no dia 24 de abril, que entre outras bandeiras tem os 10% do PIB já, Contra o Acordo Coletivo Especial e a anulação da reforma da previdência paga com dinheiro do mensalão. Outra bandeira de luta aprovada foi a greve nacional chamada pela CNTE para os dias 23, 24 e 25 de abril.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =