Professores voltam às ruas pelo cumprimento do acordo e novas demandas

Cerca de 1.200 professoras e professores se reuniram na última quinta-feira (24), em uma assembleia-ato, no pátio da prefeitura, para reivindicar o cumprimento do acordo da última campanha salarial, além das novas demandas da categoria. A atividade contou com a presença do grupo de teatro TV Sindical, que de forma muito bem humorada denunciou o descaso da PCR com as merendas e a sua terceirização.

As principais reivindicações levantadas foram a necessidade do chamado da listagem de acréscimo de carga horária, retorno das escolas profissionalizantes à Secretaria de Educação, combate à violência dentro das unidades de ensino, convocação dos concursados e um novo concurso para suprir as demandas que virão com a implantação da aula-atividade, a partir de janeiro de 2014.

Na ocasião, foi formada uma comissão para dialogar com a secretaria sobre as respostas das demandas levantadas durante o ato. Os representantes dos professores foram recebidos pela chefe de gabinete, Adriana Freire, que prometeu repassar tudo para o secretário, de Educação Valmar Corrêa. Uma nova reunião foi agendada para o dia 29 de outubro com o próprio secretário. Também ficou firmado um encontro especifico com as aposentadas para tratar de assuntos referente a essa parte da categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + dez =