INFORMES SOBRE RESSARCIMENTO DOS DESCONTOS

 

 

SOBRE RESSARCIMENTO DOS DESCONTOS:

 

A atual gestão do SIMPERE tem o compromisso de honrar todas as deliberações democraticamente votadas por maioria nos fóruns da categoria.
O mecanismo do ressarcimento dos dias parados foi definido e devidamente divulgado no site do sindicato, redes sociais e também nas escolas.
Na tentativa de desestabilizar o processo eleitoral do Sindicato, informações mentirosas estão sendo espalhadas por má fé para confundir os professores e gerar conflito com a atual gestão do SIMPERE. Estão informando que será devolvido (mesmo que parcialmente) os dias descontados e que os professores devem se dirigir fisicamente até a sede do Sindicato. Reafirmamos: ESTAS INFORMAÇÕES SÃO FALSAS.

 

Vamos aos fatos:
1) Na assembleia do dia 11 de setembro foi aprovado:
– O Sindicato repararia parte do salário descontado para os casos considerados mais graves;
– Foi eleita uma Comissão para junto com a Direção apresentar a Assembleia seguinte uma proposta da forma do ressarcimento;
– Foi estipulado o prazo até o dia 29 de setembro para solicitação de ressarcimento mediante preenchimento de formulário via internet.
2) Na assembleia do dia 09 de outubro:
– Foi apresentado o formato do ressarcimento, que será 50% do valor total daqueles que haviam solicitado conforme os critérios acima;
– As exceções para professores descontados no contra-cheque após o dia 29 de setembro seriam analisadas à parte.

 

A DIREÇÃO DO SINDICATO ESTÁ CUMPRINDO O QUE FOI DELIBERADO NAS ASSEMBLEIAS. NÃO ESTÁ EM PODER DA DIREÇÃO QUALQUER ENCAMINHAMENTO CONTRÁRIO. LAMENTAMOS PROFUNDAMENTE BOATOS QUE TENTAM COLOCAR A CATEGORIA EM CONFLITO COM O SINDICATO, QUANDO O VERDADEIRO RESPONSÁVEL PELOS DESCONTOS NA FOLHA DE PAGAMENTO DOS LUTADORES DA NOSSA CATEGORIA É O PREFEITO GERALDO JÚLIO E SEUS ALIADOS.

 

Salientamos que o corpo jurídico do SIMPERE também encaminhou à justiça e ao Ministério Público de Pernambuco ação de agravo regimental e que os passos jurídicos ao STF e STJ também estão sendo encaminhados. Além disto, que conforme deliberado em assembleia, o ressarcimento se dará mediante assinatura de termo de compromisso com a devolução do dinheiro ao sindicato caso a Prefeitura devolva o salário descontado dos professores.

 

O SIMPERE seguirá colocando a campanha: “Geraldo Júlio, Devolva o salário dos professores!” na rua. Assim como fizemos no pedágio, nas escolas e nos outdoors, a Gestão Resistência e Luta seguirá mobilizada para que quem de fato foi responsável por descontar os salários seja responsabilizado!

 

DIREÇÃO COLEGIADA DO SIMPERE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =