Audiência do Saúde Recife: só blá blá blá!

Na manhã da última quinta-feira (06), aconteceu no plenarinho da Câmara de Vereadores uma Audiência Pública sobre o Saúde Recife. Na mesa estiveram presentes Carlos Elias, representando o Simpere; Osmar Ricardo, vereador; Manoel Carneiro, Presidente do ReciPrev; Ailton Andrade, secretário Geral do SINDSEPRE; e Gisele Lucy, Advogada do SINDSEPRE. Também foi registrada a ausência de Marconi Muzzio, secretário de Finança da PCR.

A equipe do Saúde Recife se limitou a fazer uma apresentação institucional do Reciprev. Os servidores e professores presentes se sentiram frustrados, pois esperavam que fossem abordados temas do interesse da sociedade, como novas adesões, ampliação da rede e fim dos duplos descontos. Infelizmente não foi isso que a direção do Reciprev/Saúde Recife apresentou.

Ficou muito claro na apresentação da gerente do Saúde Recife, Ana Maria, o seu objetivo de  apresentar  a existência de um déficit, sendo a solução fazer com que o plano se adapte ao mercado de saúde. Essa posição mostra qual a intenção da política de gestão do prefeito Geraldo Júlio (PSB), ou seja, transformar a saúde em mercadoria, assim como ele faz na educação.

Toda audiência foi marcada por manifestações com cartazes e depoimentos denunciando a péssima qualidade dos serviços prestados pelo Saúde Recife. Para Carlos Elias, da secretaria de Finanças do SIMPERE, a audiência foi lamentável: “Nós esperávamos chegar aqui e ouvir por parte da Prefeitura e do ReciPrev que nossas reivindicações seriam atendidas, mas o que aconteceu hoje aqui foi uma completa enrolação e uma perda de tempo”, desabafa o professor e diretor do Simpere.

Já a professora Patrícia Pifano, mesmo indignada, propôs uma grande mobilização: “Eu sei que vocês do Saúde Recife estiveram aqui com a maior boa vontade, assim como os servidores dessa autarquia trabalham para servir melhor aos trabalhadores da prefeitura, mas eu também sei que você vieram aqui com ordens claras de Geraldo Júlio de não atender as nossas demandas, mas eu gostaria de propor  a todos os movimentos presentes a realização de uma grande manifestação na reunião do Conselho” ,concluiu a diretora do Simpere, referindo-se á reunião do Conselho Deliberativo do Saúde Recife, a ser realizada no dia 26 de agosto.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 18 =