CALOURADA NA ESCOLA JOÃO PERNAMBUCO: CHEGA DE PRECARIZAÇÃO!

Na última quarta-feira (28/02), aconteceu uma calourada na Escola João Pernambuco. Além das apresentações artísticas o evento teve um caráter político cultural de denúncia sobre a precarização da escola.

Na ocasião foi tirada uma comissão de estudantes e professores/as para elaboração de um abaixo assinado a ser entregue ao prefeito Geraldo Julio (PSB).O abaixo assinado terá vários elementos e o principal deles é o concurso público, pois a maioria escola possui um quadro reduzido de docentes efetivos, atualmente o quadro conta com 75% de estagiários.

O muro da escola caiu a semana passada, o teatro não tem condições de uso quando chove, as cabines adoecem professores e alunos.Há uma necessidade de concurso urgente e uma revitalização da infraestrutura. Apresentações artísticas foram embaladas pela denúncia do descaso com a educação e o SIMPERE foi convidado a registrar a atividade.

A Escola João Pernambuco

A escola nasceu da iniciativa popular do bairro da várzea na década de 1980, está inserida num bairro que historicamente abriga diversas práticas artísticas e culturais e tem contribuído para a formação de artistas das diversas  áreas.

Atende a um público de 1.700 estudantes de diversas idades. Com matrícula semestral.

Fotos: Raíssa Bezerra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + catorze =