Em dia de mobilização, professores arrancam piso para agosto

Em dia de mobilização, professores arrancam piso para agosto

Confira os registros das atividades de ontem (10.06). Depois de uma agenda de muitas lutas contra a intransigência da prefeitura para o pagamento do piso salarial, a categoria arrancou da gestão o reajuste de 4,17% a partir de agosto. Apesar da proposta da PCR ter sido aceita na Assembleia Geral de hoje (10.06), reforçamos que temos nossa data-base em janeiro, e, mesmo assim, a prefeitura impôs de forma intolerante o não pagamento do retroativo. A categoria vai seguir lutando ferozmente pelos seus direitos e, hoje, foi apenas um exemplo disso.

 

DISPOSIÇÃO DE LUTA
Desde da manhã da sexta-feira (07/06), os (as) professores (as) do Recife mobilizam pela campanha salarial. O ato-vigília lotou o saguão da prefeitura e adentrou pela madrugada, quando a Secretaria de Educação tentou desarticular o movimento desmarcando a mesa de negociação da sexta-feira para hoje (10/06), no mesmo horário que estava marcada nossa Assembleia Geral. Numa demonstração de força, os(as) professores(as) lotaram não só a Assembleia Geral pela manhã, na Unicap, como a da tarde, no Centro de Formação Paulo Freire.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 14 =