Reforma da Previdência estadual é antecipada e aprovada em votação às pressas!

Reforma da Previdência estadual é antecipada e aprovada em votação às pressas!

O governo Paulo Câmara (PSB) preparou um grande ataque aos servidores estaduais: antecipou a Reforma da Previdência de Bolsonaro (PSL) e Paulo Guedes, liquidando o direito a aposentadoria dos trabalhadores também no estado. Os deputados e deputadas votaram no início da tarde desta quinta-feira (12.12), em uma votação apressada e sem debate com a sociedade.

O mesmo Paulo Câmara (PSB) e seus aliados, PCdoB e PT, que declararam ser contra o fim da aposentadoria proposto pelo governo Bolsonaro (PSL), agora impõem ao serviço público estadual o desmonte de sua previdência. O aumento da alíquota recolhida passou de 13,5% para 14%, além de criar um fundo previdenciário que pode levar as aposentadorias do futuro a bancarrota. Outros fundos nesses mesmos moldes geraram sérios problemas, como o Postalis, dos Correios, cujo trabalhadores terão que pagar o equivalente a 26% do benefício para tapar o buraco da corrupção. Outros orgãos que também tiveram graves transtornos foram o Funcep, da Caixa Econômica, o Petros, da Petrobras e até o RECIPREV na gestão do PT (João Paulo) no Recife. Os servidores estaduais estão há 5 anos sem reajuste e para os professores que tiveram o Piso parcelado de 4.17%, no final do ano de 2019, o aumento da contribuição vai pesar no bolso. Enquanto isso, o governo Paulo Câmara promove a renúncia Fiscal para as grandes empresas privadas em Pernambuco.

A esmagadora maioria de deputados votou favorável à reforma que atacará direitos do servidor, contando com os votos de Tereza Leitão PT e de João Paulo do PCdoB.

O SIMPERE e a CSP CONLUTAS estiveram presentes no plenário e fizeram a denúncia pública desse ataque aos servidores estaduais. Lamentamos a ausência das demais centrais numa votação que modifica a estrutura previdenciária dos servidores. Devemos seguir em mobilização contra os ataques de Paulo Câmara, Bolsonaro e Paulo Guedes. Fazemos um chamado a toda classe trabalhadora e às centrais para constituirem essa luta unificada para derrotar esses governos!

Direção colegiada SIMPERE – Gestão Resistência & luta – Filiado à CSP CONLUTAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × um =