Nota sobre o aumento das passagens

Nota sobre o aumento das passagens

NOTA.

O recuo do Governador Paulo Câmara e a decisão de não aumentar as passagens dos ônibus é uma vitória da nossa pressão social e dos anos de denúncias das irregularidades que estão presentes no Sistema de Transporte.

Todavia, continuaremos na luta cobrando melhorias e resultados. Questões centrais permanecem sem respostas, como os contratos não assinados da licitação, o abandono do BRT, o prazo de validade dos créditos do VEM, a demissão dos cobradores, a não implementação do SIMOP e a não realização de relatórios de qualidade das empresas que operam o sistema.

Vale ressaltar que o Governador também prometeu no início do seu mandato a tarifa única, integração temporal e a consolidação do BRT. No entanto, nada disso avançou. Pelo contrário, a URBANA opera livremente a caixa-preta do transporte, sem apresentar os lucros e nem o que arrecada com a bilhetagem eletrônica. As empresas de ônibus, por sua vez, continuam desrespeitando a população diariamente com atrasos de viagens, queima de paradas, veículos velhos e sucateados. Falta ao Estado uma política de prioridade para o transporte coletivo, mas sobram promessas. 

Por isso, manteremos o ato na próxima segunda-feira (20/01), às 9h30, na Avenida Guararapes, em frente aos Correios. 

#aumentoNão #ônibus #transporte #FLTP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 3 =