Categoria responde ao leitor do JC

O Simpere selecionou algumas respostas dos professores da rede municipal ao leitor do JC que deferiu ofensas à categoria. Veja agora a resposta da professora Andréa Araújo:

“Caro senhor, Jairo Freitas!

Parafraseando vossa pessoa, gostaria dizer que…. acho interessante que alguém se preste a um discurso tão tolo e aviltante, para não dizer, vazio, e descabido como esse!

Acho ainda mais interessante que sua visão tacanha, desrespeitosa e desprovida de hombridade tenha sido publicada em um veículo de comunicação de respeito como um jornal de grande circulação da cidade.

Mas o que realmente acho interessante, e esse foi o ponto que me motivou a responder, é a sua total incapacidade de demonstrar o menor sinal de respeito por um profissional tão importante para as sociedades em geral como o PROFESSOR.

E o “interessante”, pasmem, não para por aí …. o senhor consegue ainda atacar a ambos (professores das redes privadas e públicas) em um único parágrafo!

Atacar-nos de forma tão dissimulada e leviana, além de ser completamente desnecessário, é tão ofensivo que chega a beirar a criminalidade.
Lamentável!

Então, meu conselho para o senhor, se é que de fato o senhor existe, é o mesmo que o sábio personagem de Monteiro Lobato, o Visconde de Sabugosa, repetia constantemente à boneca Emilia….
“Emília, feche a torneirinha de asneiras!”

Bom dia!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =