Justiça por Miguel |

Justiça por Miguel |

 
 
O Sindicato das professoras e professores do Recife marca presença no ato em frente a 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital, no bairro da Boa Vista. Onde aconteceu a audiência de instrução do Caso Miguel. O Simpere foi cobrar justiça pela morte de Miguel que aconteceu em junho deste ano, após ser abandonado por Sarí Corte Real, a mesma está sendo acusada pelo crime de abandono de incapaz.
 
Simpere Gestão Resistência e Luta CSP Conlutas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + dezesseis =