Paulo Câmara prefere genocídio à recomendação do Conselho Estadual de Saúde

▶️ ANDRÉ LONGO E PAULO CÂMARA PREFEREM GENOCÍDIO À RECOMENDAÇÃO DO CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE

📽️ Veja o vídeo https://youtu.be/foQ9wlpm144

🏢 O governo estadual optou por manter a comunidade escolar exposta ao vírus, mesmo com 97% das UTIs ocupadas e mais de 500 pernambucanos mortos na última semana de abril, contrariando recomendação oficial de cientistas epidemiologistas.

📄 A Nota de Posicionamento do Conselho Estadual de Saúde recomenda a suspensão imediata das atividades escolares presenciais, assim como uma quarentena rígida e fiscalizada de 21 dias.

🚨 A Nota levantou os dados alarmantes de alta e considerou a transmissibilidade das novas cepas de Coronavírus, e declara que nenhum fomento dos empresários da educação para manter as escolas abertas apenas com protocolos de segurança conseguirá diminuir os níveis altíssimos de contágios e mortes no estado. O Conselho também considera que só é possível reabrir as escolas quando a vacinação em massa for efetivada, e com o planejamento e medidas efetivas para que todas as escolas tenham melhores condições de receber os estudantes e os trabalhadores.

✊🏾O Simpere continua defendendo aulas remotas até que haja vacinação para todos, agora ao lado do Conselho de Saúde de Pernambuco, para que o direito à educação e o direito à vida estejam de mãos dadas.

SIMPERE — Gestão Resistência e Luta — Filiada à CSP Conlutas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =