SIMPERE DENUNCIA VIOLÊNCIA CONTRA PROFESSORAS NAS ESCOLAS DO RECIFE

 

 

 

Na semana passada o SIMPERE recebeu denúncias de violência contra professoras em duas escolas diferentes: o primeiro caso ocorreu na escola Darcy Ribeiro, na RPA 04 e o outro caso na escola Dois Rios, na RPA 06. A violência se deu por parte de mães de alunos que, por motivos fúteis, sentiram-se no direito de espancar professora e estagiária na porta da escola, o que causou indignação por parte das comunidades escolares dessas escolas. Casos como esses não são isolados, recentemente uma escola da RPA 05 denunciou que atos de violência contra professoras e ameaças por parte de namorados de alunas tem sido uma constante, levando muitos professores e professoras a estados depressivos.

Esses casos mostram o fracasso dos projetos do tipo Escola Segura que a Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Educação, tenta implementar nas escolas de forma incompatível para o combate desses problemas. A Secretaria de Educação deve se posicionar firmemente contra tais atos e garantir a integridade física e moral das(os) professoras(es), funcionárias(os), estagiárias(os) que trabalham nas escolas do Recife.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + quinze =