Posse da nova diretoria dá o tom das lutas para 2015

Foi na última segunda-feira (01), no auditório G – II da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP), que aproximadamente 700 professores e professoras prestigiaram a posse da nova diretoria eleita, chapa 1 Resistência e Luta CSP Conlutas.

Durante as falas, tanto da nova diretoria quanto dos professores presentes, ficou claro que no ano de 2015 a categoria terá que desenvolver várias lutas, mas de forma interligadas, como afirmou Claudia Ribeiro em seu discurso: “Não podemos considerar as lutas que nos aguardam como isoladas umas das outras, porque todas elas fazem parte de um projeto ainda maior da prefeitura que visa o sucateamento das escolas públicas. A luta contra o fechamento do EJA depende da luta contra o fechamento das creches, que depende da luta contra o PNE, entre tantas outras que se combinam de forma global”.

A assembleia também discutiu em linhas gerais um plano de lutas para 2015, pois mesmo sendo um dia de festa é preciso manter a guarda alta, pois o prefeito Geraldo Julio esta preparando um pacote de maldades não só contra a educação do município, mas contra o conjunto do serviço público do Recife, assim como é o caso da implantação da meritocracia.

No caso específico da meritocracia a prefeitura contratou a empresa paulista Leme, com valor previsto até 2015, de quase 100 milhões. A ideia é que essa mesma empresa comece a implantar a meritocracia a partir da avaliação por desempenho, a começar pela Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas (SADGP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =