ASSEMBLEIA APROVA RETORNO AS ATIVIDADES PRESENCIAIS E A LUTA POR DENTRO DAS ESCOLAS NA EXIGÊNCIA RIGOROSA DOS PROTOCOLOS SANITÁRIOS!

ASSEMBLEIA APROVA RETORNO AS ATIVIDADES PRESENCIAIS E A LUTA POR DENTRO DAS ESCOLAS NA EXIGÊNCIA RIGOROSA DOS PROTOCOLOS SANITÁRIOS!
Professoras e professores do Recife estiveram reunid@s na tarde desta sexta-feira (30 de julho de 2021) em assembleia geral. Com forte participação, a categoria alertou para os riscos desta volta às aulas presenciais no atual cenário de unidades educacionais e profissionais sem condições favoráveis para garantia da vida da comunidade escolar. Mais de 70% da categoria de professores/as não está devidamente imunizada com a segunda dose da vacina e em visita às unidades educacionais, o SIMPERE confirmou o que já era de conhecimento público: as escolas do Recife não garantem estrutura capaz de seguir as recomendações de higienização, distanciamento social, ambientes arejados, etc, o que nos obriga a denunciar que esses protocolos são uma verdadeira farsa! Algumas escolas estão inclusive em processo de reformas, e sendo pressionadas para voltar presencialmente em meio a um canteiro de obras!
O SIMPERE se reuniu com a Seduc na última quinta-feira (29) e esta gestão irredutível apostou em uma ofensiva de criminalização da categoria e seu sindicato. Com ameaças de multas altíssimas e até de prisão da diretoria do sindicato, João Campos e seus asseclas demonstram que privilegiam o lucro dos empresários em detrimento da vida da comunidade escolar. Tudo isso para garantir as escolas abertas, mesmo que a maior parte da nossa categoria não esteja devidamente imunizada, e menos ainda a população em geral.
Durante mais de um ano os trabalhadores da educação enfrentaram uma forte luta e conseguiram fazer com que Recife fosse uma das últimas cidades a reabrir escolas. Contudo, uma narrativa poderosa vem ganhando a sociedade: a pandemia está chegando ao fim, e não há motivos para manter escolas fechadas. Este discurso impõe o retorno presencial, unindo os governos municipais, o governo Bolsonaro e a grande imprensa. Pernambuco acaba de retornar ao alerta VERMELHO da contaminação, e é simbólico que neste momento estejamos retornando às aulas presenciais. Significa que para a gestão João Campos (PSB/PDT) as nossas vidas valem MENOS! Já perdemos dezenas de colegas da nossa rede, além de familiares e amigos. O Brasil lamenta a morte de mais de meio milhão de pessoas, fruto da negligência do desgoverno Bolsonaro, mas também da postura negacionista de governos estaduais e municipais como esta de reabertura de escolas sem condições sanitárias para isto.
Nossa luta não para! Deliberamos em assembleia que vamos fiscalizar e cobrar o cumprimento de todas as medidas sanitárias, e a suspensão imediata da reabertura das escolas nas quais sejam detectados casos de infecção no ambiente escolar. O SIMPERE não descansa, por isso mantemos também nosso trabalho de denúncia deste governo que gasta milhões em peças publicitárias com escolas de VITRINE e ignora a defesa das nossas vidas.
A LUTA SEGUE FIRME EM DEFESA DA VIDA!
SIMPERE Gestão Resistência e Luta – Filiado à CSP Conlutas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 6 =