PREFEITURA SE NEGA A CUMPRIR ACORDO COM PROFESSORES: Simpere se junta a outros sindicatos para que a lei do piso seja respeitada.

 

Durante a Mesa Geral de Negociação ocorrida hoje pela manhã no Centro de Formação Paulo Freire, a Prefeitura disse que não vai cumprir a Piso Salarial, jogando no lixo o acordo feito no ano passado em que foi prometido os 12,84% definido pelo MEC para 2021.

Na proposta da PCR, o aumento passou de 1,02% para 1,2%. Todas as entidades sindicais presentes acharam a proposta indecente e vamos partir pra luta pelo que é nosso.

A prioridade da prefeitura é o uso do dinheiro público para financiar projetos privados de educação. O problema não é falta de dinheiro, e sim falta de interesse político e falta de respeito com os servidores públicos.

Já está marcado para o dia 27 de outubro um grande Ato do Serviço Público em frente ao pátio da prefeitura. Ressaltamos a necessidade de unificar o serviço público para que possamos resistir juntos aos ataques às categorias e fazer valer nossos direitos.

Além disso, por solicitação do Simpere será marcada uma mesa de negociação específica com a Secretária de Educação e Administração para tratar do acordo do ano passado e o repasse do piso de 12,84%.

https://youtu.be/WE-jJLmAu7U
Simpere Gestão Resistência e Luta CSP Conlutas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × quatro =