SIMPERE participa de entrega de Medalha Paulo Freire, honraria importante da UFPE em tempos de bolsonarismo

SIMPERE participa de entrega de Medalha Paulo Freire, honraria importante da UFPE em tempos de bolsonarismo

 

 

O SIMPERE participou na tarde desta quinta-feira (16 de dezembro) de Outorga da Medalha Paulo Freire, uma honraria da UFPE, concedida à entidades e personalidades políticas. A homenagem foi prestada a cinco instituições e três pessoas físicas. Os nomes foram indicados por uma comissão de avaliação em resposta a uma chamada pública, e todos foram analisados e aprovados pelo Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

 

As instituições homenageadas foram o Centro de Assessoria e Apoio aos Trabalhadores e Instituições Não Governamentais Alternativas (Caatinga), o Centro de Criação Galpão das Artes, o Centro de Formação Paulo Freire (CFPF) do Movimento Sem Terra (MST/Fazenda Normandia), o Centro de Saúde Alternativa de Muribeca (Cesam) e a Faculdade Frassinetti do Recife (Fafire). As pessoas físicas são o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo; o cineasta e crítico de cinema Kleber Mendonça Filho; e a professora do Centro de Educação (CE) da UFPE Maria Eliete Santiago.

 

A solenidade foi um grande encontro de lutadoras e lutadores sociais, fossem elas (es) da educação, cultura, saúde ou do Movimento Sem Terra. Em uma conjuntura marcada por duros ataques aos movimentos sociais e entidades desde a eleição de Bolsonaro, a atividade fez parte de uma agenda significativa para o SIMPERE,  um sindicato com tamanha importância na luta pela educação pública, gratuita e com valorização profissional.

 

Heleno Araújo ter sido homenageado com a Medalha Paulo Freire representou os diversos setores em educação que se enfrentam com o avanço do conservadorismo e retrocessos nos direitos. A CNTE é uma entidade que organiza a resistência das trabalhadoras e trabalhadores em educação de todo o país e este foi um reconhecimento significativo também para a nossa categoria.

A honraria concedida à professora do Centro de Educação Maria Eliete Santiago é igualmente histórica; uma mulher negra e que guarda consigo o legado do método Paulo Freire, multiplicando por gerações de professoras e professores, muitos deles da nossa categoria.

 

 

SIMPERE – Gestão É Tempo de Mudança – Filiado à CNTEiado à CNTE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 − quatro =