Centrais sindicais se reúnem na Sede do Sinpol e se posicionam contra o projeto de Reforma da Previdência de Paulo Câmara – por nenhum direito a menos!

Centrais sindicais se reúnem na Sede do Sinpol e se posicionam contra o projeto de Reforma da Previdência de Paulo Câmara - por nenhum direito a menos!

A vida dos trabalhadores só piora em Pernambuco. Recife, por exemplo, é a capital com um dos maiores índices de desemprego do país. Somado a isso, a contaminação de óleo nas praias está condenando aqueles e aquelas que vivem da pesca a não terem o que comer. A demissão de cobradores em massa e a dupla jornada dos motoristas piorará ainda mais essa situação, promovendo uma guerra social no Estado.

Para piorar, promovendo um aprofundamento desses ataques, Paulo Câmara envia para a Alepe um projeto de reforma da previdência que ameaça a perspectiva de aposentadoria de milhares de trabalhadores do serviço público estadual.

Além disso, tal projeto foi apresentado sem haver qualquer diálogo, inclusive com o Fórum dos Servidores Estaduais. O Governador do Estado não dialoga com os trabalhadores.

Por isso, Centrais Sindicais e movimentos sociais se reuniram hoje (26) para debaterem as estratégias a serem desenvolvidas diante de mais esse ataque aos direitos dos trabalhadores.

Além disso, também encaminharam a realização de uma plenária ampliada para construção do calendário de lutas contra a reforma da previdência estadual, que acontecerá no próximo dia 03, às 18h, na sede do Sinpol, localizada na Rua Frei Cassimiro, 179, Santo Amaro.

Estiveram presentes na reunião as seguintes centrais CSP CONLUTAS, Intersindical, Força Sindical e UGT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =