EM DEFESA DA VIDA E PELA MANUTENÇÃO DAS AULAS REMOTAS, PROFESSORES DO RECIFE ENTRAM EM ESTADO DE GREVE

EM DEFESA DA VIDA E PELA MANUTENÇÃO DAS AULAS REMOTAS, PROFESSORES DO RECIFE ENTRAM EM ESTADO DE GREVE

Quase oitocentas trabalhadoras e trabalhadores da educação da rede municipal estiverem online na manhã desta segunda-feira (26) em assembleia remota para votar os próximos encaminhamentos da categoria em relação à determinação do governo do estado e prefeitura de reabrir as escolas num momento crítico da pandemia, com alto índice de contaminação e 97% das UTIs ocupadas.

A categoria decidiu entrar em Estado de Greve como alerta para o não retorno às atividades presenciais, enquanto nossas vidas estiverem ameaçadas no auge do contágio. Defendemos a permanência das atividades remotas, reivindicamos vacinação para profissionais da educação e comunidade. Condições tecnológicas e técnicas para professoras e estudantes também foi votado como uma reivindicação para manter as aulas não presenciais.

“Durante 1 ano e 1 mês de decretação dessa tragédia sanitária, em Pernambuco já conta com mais mortes por covid-19 do que a média anual de mortes de forma violenta. Portanto, não é hora de reabrir as escolas. Mas, se os representantes da administração pública, Paulo Câmara, João Campos e o Secretário de Educação negam essa realidade genocida, a categoria, professoras e professores estão decidindo tomarem em nossas mãos a tarefa urgente da defesa de nossas vidas, das crianças e da comunidade escolar. DEFENDEMOS a manutenção das atividades REMOTAS, com a garantia de acesso à internet e tecnologia para as famílias, e a vacinação para trabalhadores em educação e toda a comunidade escolar”, explica a Coordenadora Geral do SIMPERE, Claudia Ribeiro.

A Assembleia também votou pela cobrança da melhoria do Saúde Recife, a elaboração de uma carta aberta sobre a greve sanitária com manutenção das atividades remotas para salvar vidas, apoio à vacinação em massa de toda a população, e a participação na luta do 1º de maio classista em defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, sem a presença de ” convidados” como FHC, DORIA, MARINA SILVA, ARTUR LIRA (presidente do Congresso Nacional que encaminhou o PL 5595/2020) entre outras decisões internas.

#EscolasFechadasVidasPreservadas
#VacinaParaTodosETodasJÁ!
#QuarentenaDeVerdade

SIMPERE — Gestão Resistência e Luta — Filiada à CSP Conlutas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − cinco =