SIMPERE marca presença na assembleia do SINDGUARDAS

O Sindicato Municipal dos Profissionais de Ensino da Rede Oficial do Recife – SIMPERE, marcou presença nesta segunda-feira (26), na Assembleia promovida pelos Guardas Municipais da cidade para mostrar a unidade da categoria dos Servidores Públicos da Prefeitura.O ato aconteceu durante a manhã no pátio da Câmara de Vereadores. A atividade contou com mais de 300 participantes, além das centrais CSP-CONLUTAS e a CUT. Outros sindicatos também compareceram, como o SINDJUD-PE, o SINDSEPRE, o SINDSPREV e a Associação dos Guardas Municipais.

Durante a Assembleia foram discutidos pontos como o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) e as alterações que o prefeito João da Costa (PT) pretende votar na Câmara como o aumento da Carga Horária de 120h para 180h. Outros temas foram abordados, como as emendas dos Vereadores Múcio Magalhães (PT) e Maré Malta (PSD). Contudo, a palavra mais repetida no evento foi PCCV, na verdade, a sigla. Para o diretor do SINDGUARDAS, Valença Carranca, não se pode retroceder um centímetro no PCCV, se for para mexer no PCCV é para adicionar novas conquistas e não retroceder nos direitos.

Algumas denúncias foram postas, como por exemplo o valor que João da Costa (PT) paga pela Cesta Básica que é de R$ 22,50 aos Guardas Municipais e deveria ser, de acordo com o PCCV, calculado pelo DIEESE, que é atualmente de R$ 219,42. Guardas que trabalham no Parque das Esculturas, situado na Torre de Cristal de Francisco Brennand, também se queixam, pois não recebem o Difícil Acesso.

Ao final da assembleia foi eleita a Comissão de Negociação com os seguintes integrantes: Wellington Araruna, Alexandre Fook, Manoel dos Anjos, Marcilon Felix, Everson Miranda e Silvan Matias. Na ocasião também foi encaminhada para a Câmara de Vereadores uma proposta de modificação no PCCV, além do reajuste da Campanha Salarial 2012. Por fim, uma nova assembleia foi marcada para esta terça-feira (27), a partir das 9h na Câmara de Vereadores do Recife.

A Solidariedade do SIMPERE é muito importante nessa hora, pois o mesmo inimigo que deseja aumentar a carga horária dos Guardas Municipais é o mesmo inimigo que se nega a pagar o Piso Salarial dos Professores, o Senhor João da Costa . É por isso que o SIMPERE convoca a categoria dos professores do Recife a cercar de solidariedade a luta deste setor do funcionalismo público municipal, que também está sendo atacado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 3 =